Pitbull arrasta bebê pela fralda e a salva de incêndio que consumia a sua casa

Pitbull arrasta bebê pela fralda e a salva de incêndio que consumia a sua casa

Uma família de Latana Chai, que mora na cidade de Stockton, nos Estados Unidos, tiveram uma semana muito agitada, ganharam nessa mesma semana 2 novas integrantes na família: uma pitbull que ganhou o nome de Sasha e uma garotinha chamada Masailah.

As duas acabaram se tornando inseparáveis, viraram duas irmãs.

A cachorrinha Sasha dormia no mesmo quarto que a garotinha, e a acompanhava em seus banhos e a protegia.

Dava para notar que as duas tinham um forte laço e isso foi comprovado em um domingo de verão, a família estava de férias curtindo o domingo em casa.

Latana que é a mãe de Masailah comentou que viu o comportamento da Sasha meio estranho, porque ela estava bastante inquieta.

A mãe da criança estava estendendo a roupa no varal quando a cachorrinha começou a latir sem para e estava querendo entrar na casa.

Pitbull arrasta bebê pela fralda e a salva de incêndio

“Como vi que ela estava querendo entrar de qualquer maneira, eu abri a porta para ela e Sasha foi correndo para dentro de casa. Foi quando percebi que a casa do vizinho estava pegando foto e o incêndio estava passando para minha casa!”, comentou Latana mãe da pequena Masailah ao canal norte-americano ABC.

Vendo a cena a mulher foi correndo para a sua casa resgatar a sua filha. Chegando onde a bebezinha estava ela viu uma cena emocionante, no qual a pitbull estava puxando a garotinha pela fralda, no qual estava tentando tirar ela de lá.

“Eu vi aquela cena e não acreditei, a Sasha estava puxando a Masailah pela fralda, tentando resgatar ela para um lugar seguro”, comentou a mãe.

A mãe então pegou a bebê em um braço e cachorrinha no outro, e assim ela saiu da casa e chamou os bombeiros. Com isso ninguém ficou ferido.

Para a mãe da garotinha a cachorrinha Pitbull é a verdadeiro heroína nesse acontecimento, pois ela ficou latindo alertando que a criança estava em perigo e depois foi correndo resgatar a garotinha.

Se não fosse isso, talvez não ia dar tempo de resgatar a garotinha, a ação da cachorrinha foi fundamental para que ninguém saísse ferido.

Créditos : amomeupet

Envie seu comentário