Mulher adota gatinho abandonado que seria sacrificado por ter deficiência

Mulher adota gatinho abandonado que seria sacrificado por ter deficiência

Quando vemos essas coisas o nosso dia acaba se transformando, onde vemos que existe pessoas com muito bom coração que amam os animais.

É o caso que você vai conhecer hoje, onde um gatinho foi resgatado de baixo de um carro que estava estacionando. O pequeno foi abandonado dias antes e provavelmente foi abandonado por ter deficiência.

Uma mulher chamada Tata Céspedes que é Colombiana foi que resgatou o pequeno na cidade de Neiva, no sul do país, segundo o site Zoorprendente.

A Tata não pensou duas vezes em resgatar o gatinho, com isso ele começou a cuidar e dar todo amor que ele precisava, para que assim o gatinho tivesse uma segunda chance de ser feliz.

“A eutanásia nunca passou pela minha cabeça, procurei todos os caminhos, me disseram que ele não viveria muito, mas eu disse que cuidaria dele enquanto ele vivesse”, disse a Tata.

“As pessoas têm muito medo de adotar um animal de estimação deficiente”, lamentou Tata.

O gatinho ganhou o nome de Angelito, ele nasceu como uma doença congênita que acabou afetando a sua coluna e com isso suas patas traseiras acabaram atrofiaram e ficando imóveis.

Muitas pessoas achavam que o gatinho não iria sobreviver por muito tempo, até mesmo os veterinários aconselhavam a mulher a fazer a eutanásia (morte assistida, sacrifício de animais).

Mas ela não desistiu do gatinho, ela olhava para ele e via que ele tinha vontade de viver. Depois de muita busca, a Tata encontrou a ajuda de um veterinário que acreditou neste pequeno e assim começou o tratamento.

Através de uma dieta balanceada e uma rotina exercícios físicos, o gatinho melhorou o seu quadro e atualmente é um gato saudável, com expectativa de vida comum para sua raça.

Há um tempo atrás o gatinho ganhou uma cadeira de rodas feita sob medida para ele, onde ele consegue agora se locomover, com isso ele ficou mais independente de sua dona.

“Com ele, minha vida mudou completamente, para melhor. Se você se encontra em uma situação como essa, não olhe para o lado mais fácil e dê uma segunda chance a esses bichinhos que tanto nos ama”, concluiu Tata.

Confira um vídeo sobre o gatinho :

Envie seu comentário