Vereadores aprovam lei que proíbe a venda de filhotes de cães e gatos

Vereadores aprovam lei que proíbe a venda de filhotes de cães e gatos

O projeto tem como objetivo acabar com a exploração de fêmeas para procriação e venda, além de tudo vai conseguir preservar o bem-estar e a saúde dos animais.

A Câmara de vereadores de Goiânia deram um grande passo para ajudar o bem-estar dos animais, eles conseguiram aprovar um projeto de lei que vai proibir a venda de filhotes de cachorros e gatos com menos de 8 meses de vida. A venda desses filhotes não vai ser permitida em pontos comerciais.

Isso inclui casas de ração, Petshops, parques, feiras, mercado municipal, ruas entre outros lugares. O projeto é um grande avança na proteção dos animais, isso vai impedir que as pessoas explorem animais para criação e venda. Sabemos muito bem, que tem pessoas que fazem isso sem dó e querem viver a custa dos bichinhos.

O texto agora precisa ser sancionado pela prefeitura de Goiânia. Caso a lei seja sancionada, os estabelecimentos comerciais terão 120 dias para se adequar às novas regras.

Passando os 120 dias, quando entrar em vigor a lei a fiscalização vai começar a verificar todos esses comércios e se ela encontrar filhotes sendo vendidos, o estabelecimento vai ter que pagar uma multa de 500 reais por cada filhote, além de R$ 200 reais para qualquer tipo de propaganda de comercialização dos filhotes.

A venda de filhotes, só vai ser permitida de forma direta, sendo feita somente por criadores, canis e gatis, isso tudo com o acompanhamento de um médico veterinário. O PL 248/2018, é de autoria do vereador Zander Fábio (Patriota). De acordo com a Prefeitura de Goiânia, a proposta está sendo analisada.

Se aprovada essa lei vai ser um grande exemplo para o Brasil todo, pois temos que acabar com esse absurdo, no qual pessoas criam de qualquer “jeito” os bichinhos só para vender seus filhotes. Já vimos cada absurdo no qual protetores de animais como o Bruno Lima teve que resgatar esses bichinhos em lugares precários.

Tem pessoas que querem viver apenas nas costas dos bichinhos, fazendo eles darem cria e assim vender o seu filhote. Com essa lei somente lugares como criadores oficiais e canis poderão fazer isso. O restante vai ser ilegal e se forem pegos vão pagar uma multa salgada, então vão pensar duas vezes antes de fazer isso.

Nos do portal amigocão estamos apoiando totalmente esse projeto, esperamos que dê certo e vire um grande exemplo para combater essas vendas ilegais de filhotes, onde as pessoas só querem lucrar com eles.

Créditos : emaisgoias

Envie seu comentário