Pessoas ajudam alimentar animais de rua durante o isolamento

Pessoas ajudam alimentar animais de rua durante o isolamento

Nesse tempo difícil que estamos vivendo, além de nós que estamos sendo prejudicados os animais de rua também estão, eles estão passando fome e estão abandonados mais do que nunca.

Isso porque a maioria das pessoas estão ficando em casa, pensando nessa situação voluntários de uma ONG chamada “Pelo Amor” na cidade de Atílio Vivácqua no Espírito Santo, estão instalando bebedouros e comedouros em várias partes da cidade.

Diogo Carvalho um dos voluntários da ONG, explicou que a ideia veio porque muitas pessoas já cuidavam de animais de rua, onde essas pessoas colocavam vasilhas e potes móveis, com isso no outro dia acabavam sumindo.

Com isso eles “ficaram” os bebedouros e comedouros com isso os potes não somem mais e com essa situação de quarentena muitas pessoas que cuidavam de animais que vivem na rua estão dentro da casa.

Muitos comércios acabavam ajudando esses cães e gatos, dando comida e água, mas como tudo está fechado esse animais vem sofrendo muito.

Agora com a ação da ONG vários pontos da cidade estão com comedouros e bebedouros com isso os bichinhos vão ter vários lugares para se alimentar e beber água.

Vocês também podem ajudar os animais de rua, se você colocar um pote de água e ração e outras pessoas também, vai aumentar os pontos onde os bichinhos podem encontrar comida e água.

Pessoas ajudam alimentar animais de rua durante o isolamento

Por isso mesmo nessa quarentena você pode ajudar, imagina quantos cães e gatos que eram ajudados por comerciantes e agora não tem mais comida e água.

Esperamos que essa atitude da ONG seja feita em todas as cidades, pois nesse momento muitos animais que moram na rua estão passando muito dificuldade.

O que você acha da atitude desse ONG? Compartilhe nas sua rede social para que mais pessoas vejam esse lindo projeto e que mais pessoas ajudem esses animais de rua, pois nesse momento eles estão mais abandonados ainda.

Créditos : olharanimal

Envie seu comentário