Garoto em quarentena envia seu cão em uma missão para comprar Cheetos e ele entrega

Garoto em quarentena envia seu cão em uma missão para comprar Cheetos e ele entrega

Nesses dias difíceis que estamos passando, os médicos e outras autoridades de saúde estão alertando todos a ficarem em suas casas, para impedir que o vírus se espalhe.

As pessoas estão tentando ser criativas para encontrar maneiras de continuas o seu dia a dia, um garoto gosta muito de “Cheetos”, mas nesses últimos dias o seu estoque acabou, na sua casa tem pessoas em grupo de risco, então ele não pode sair de jeito nenhum.

Com isso ele procurou uma solução para isso, o garoto chamado Antonio Munoz, teve uma grande ideia enviar o seu cachorro para comprar o Cheetos, para sua sorte o mercadinho fica do outro lado da rua. Como seu cachorro é muito espero aprendeu rapidinho.

Cachorro foi treinado e aprendeu rápido

O garoto tem um chihuahua, ele fez um bilhete falando o que queria e enviou também US $ 20. No bilhete dizia : “Olá, lojista. Por favor, venda ao meu cachorro alguns Cheetos, do tipo laranja, não do vermelho, eles são muito ruins.

Ela tem US $ 20 presos a coleira. AVISO: Ela morderá se não for tratada corretamente. Seu vizinho da frente.”

No começou o cachorrinho podia parecer confuso, mas depois ele entendeu e conseguiu cumprir a sua missão. Munoz até capturou algumas fotos adoráveis ​​dela voltando para casa com a bolsa “Cheetos” que ele tanto queria.
Tempos desesperados exigem medidas desesperadas, não é?

Assim como em qualquer outra raça de cachorro, Johanson recomenda o método de reforço positivo ao treinar Chihuahuas. Ela sugere usar guloseimas como recompensa pelo bom comportamento:

“O objetivo é que seu cão repita comportamentos que ganham recompensas, como guloseimas ou carinho. As recompensas podem incluir comida, guloseimas especiais, elogios e carinho, brincar com um brinquedo favorito e assim por diante. ”

É muito fofo a foto dele com o pacote de salgadinho, gostou? Compartilhe com seus amigos nas redes sociais e ajude espalhar coisas boas na internet.

Créditos : boredpanda

Envie seu comentário