“Carta” de cão resgatado para dono que o abandonou emociona a todos

“Carta” de cão resgatado para dono que o abandonou emociona a todos

Uma mulher moradora da cidade de Jundiaí – SP chamada Juliana Romero de 32 anos, deixou mais de 41 mil pessoas emocionadas com o “triste” relato do seu cãozinho que foi abandonado por uma pessoa sem coração.

“Oi humano (a) que me abandou um dia”, escreveu Juliana, nas redes sociais, ela simulou o desabafo do seu novo cãozinho. E a publicação já atingiu mais de 41 mil curtidas e 2,4 compartilhamentos.

A Juliana comentou que fez a publicação com o objetivo de conscientizar as pessoas sobre a adoção responsável de animais. “As pessoas acabam não vendo os animais abandonados, eles acabam passando despercebidos, como fossem invisíveis”, comentou Juliana.

A “Carta” conta em detalhe sobre o tempo que o cãozinho ficou morando na rua, até a hora que ele conseguiu encontrar um novo lar.

“Se eu tivesse escrito como fosse eu mesmo, ia fazer a carta com raiva. Fiz como se o cãozinho tivesse escrevendo, porque os animais não tem mágoa. Nós, seres humanos, que temos”, comentou Juliana.

A “carta” também a Juliana falou que foi feita para homenagear o seu novo cãozinho, que ganhou o nome de Tobe. O cãozinho já salvou a sua nova família de um assalto,ele ficou uivando quando estavam assaltando a casa e assim alertou a irmã de sua dona.

“Quando minha irmã chegou, estávamos sendo reféns na sala. Ela desceu correndo e chamou a polícia”, recorda.
A Juliana ainda comentou que o Tobe chegou com cerca de 9 anos para ela, ele estava bastante magro e com uma coleira amarrada no pescoço. “O Tobe estava vagando pelas ruas do meu carro com a coleira muito apertada” comentou.

O cãozinho estava muito assustado e a Juliana necessitou da ajuda de outras pessoas para poder segurar ele e tirar a coleira. Ainda segundo ela, o cãozinho estava pensando 5 kg.

A Juliana não pensou duas vezes e adotou o cãozinho, que não teve nenhum problema em se adaptar com sua nova casa e seus novos irmãos peludos. “Todos os meus animais são adotados”, relatou.

“Quando o Tobe apareceu na minha vida, eu estava com depressão, mas ele me ajudou muito e ainda ajuda. O Tobe me ajudou a salva o meu mundo. Eu pensei que tinha salvo o dele, mas foi ele que me salvou”, completou.

Com a repercussão positiva, a Juliana falou que tem a intenção de continuar as publicações do Tobe e assim incentivar outras pessoas a adotarem animais.

“Achei que teria poucas curtidas. Outras páginas compartilharam e eu fiquei assutada no começo.”
Confira a Carta do cãozinho :

Créditos : tribunadejundiai

Envie seu comentário