Mulher vê um cão na porta de sua farmácia e percebe que ele está pedindo ajuda

Mulher vê um cão na porta de sua farmácia e percebe que ele está pedindo ajuda

Uma mulher chamada Banu Cengiz, é uma farmacêutica turca que ama os cachorros e que aconteceu com ela é a prova disso.

Cengiz não vem resgatando vários animais das ruas, inclusive o seu amado animal veio também das ruas há alguns anos, ela mantém um aconchegante abrigo em frente à sua farmácia para todos os cães de rua.

Ela faz isso por amor aos animais, não para chamar atenção. Mas, evidentemente, a notícia de que ela é uma mulher que faz tudo pelos cães de rua se espalhou entre os noticiários e mídias sociais.

Nesta semana, Cengiz estava no trabalho como de costume, quando ela percebeu que havia um cãozinho do lado de fora agindo de forma diferente dos outros. Em vez de descansar nas camas que ela gentilmente lhes oferece, aquele cãozinho estava esperando por ela na porta.

“Ele olhou para mim”, disse Cengiz. «Eu disse:” Tem algum problema? ”

Ela o cumprimentou e percebeu que havia um problema no cãozinho: o pobre cachorrinho estava sangrando devido a um pequeno corte na patinha.

Ele praticamente estava pedindo ajuda dela, e ela estava mais do que feliz em ajudá-lo.
A farmacêutico limpou toda a ferida com antisséptico e quando o sangramento parou, deu antibióticos. Todo o tempo, o cãozinho parecia entender suas boas intenções, agindo como um paciente.

“Quando terminei, ele foi para a cama como se quisesse me agradecer”, disse Cengiz. “Ele estava dizendo: ‘Eu confio em você.’

Durante o resto do dia, a farmacêutica Cengiz deixou ele em uma área de recuperação, dando ao cãozinho a oportunidade de descansar e se recuperar, ela ainda lhe deu comida e água, e usou uma cama que ela mantém na farmácia.

Chegou a hora do encerramento, o paciente peludo parecia estar se recuperando, seus olhos e energias voltaram, ele saiu e foi para a rua novamente, infelizmente, a fase da vida pela qual ele parecia bem familiarizado. Porém a farmacêutica arrumou um espaço pra o doguinho no abrigo que ela mantém na frente da sua a farmácia.

“Infelizmente, não pude levá-lo para casa”, disse Cengiz, sem dúvida um clamor frequente por alguém tão compassivo em uma região onde os cães abandonados estão longe de ser incomuns. “Eu tenho estado com os animais na rua há anos. Eu os alimento, eu os curo e os ajudo a encontrar lar quando posso”.

Enquanto isso, o pequeno abrigo em frente à sua farmácia serve como a melhor coisa a fazer. É a maneira de Cengiz deixar cães menos afortunados, como seu paciente naquele dia, saberem que ainda são amados.

«Eu faço isso porque eles se sentem. Precisamos ajudar aqueles que precisam “, disse Cengiz. “As pessoas devem ensinar seus filhos a amar e respeitar os animais e a natureza. Então todos nós podemos viver juntos em um mundo maravilhoso.

Agora ela vai arrumar um lar para esse querido cachorrinho. Linda atitude dessa farmacêutica.

Compartilhe este acontecimento com seus amigos!

Créditos : thedodo

Envie seu comentário