México terá sua primeira ambulância para atender cães atropelados ou maltratados

México terá sua primeira ambulância para atender cães atropelados ou maltratados

Uma ambulância chamada de “Ambudog” não vai atender somente a cachorros de rua, mas também será estendido para gatos de rua e até mesmo outros animais de estimação, incluindo aqueles que te uma casa.

O município de Soledad de Graciano Sánchez, capital de Potosí, tornou-se o primeiro no país a ter uma ambulância para cachorros de rua no país quando o “Ambudog” foi lançado.

A apresentação do veículo foi feita pelo deputado federal e coordenador da bancada do PRD em São Lázaro, José Ricardo Gallardo Cardona, que disse que a atenção não será apenas para cachorros de rua, mas que será estendida a gatos e outros animais de estimação, incluindo aqueles que têm a sua casa, mas o dono não poder arcar com o tratamento.

Além da ambulância, ainda estão colocando bebedouros e comedouros públicos, instalados em postos de algumas colônias do município.

“Ainda hoje, com os alimentadores que estão sendo instalados em toda a cidade para cães de rua, acho que damos à Soledad de Graciano Sánchez a categoria como a primeira cidade a inovar nesse tipo de coisa no país”, disse o legislador federal.

Esse exemplo deve ser seguido por todos os países

Como diz aquele ditado nada se cria, tudo se copia… esse projeto é um grande exemplo para todos os países copiarem e ainda podem ir além, pensando em mais benefícios para os animais de rua e para quem não tem condições de arcar um tratamento também.

Esse projeto destaca o México, pois esse projeto é inovador, onde vai ajudar muitos animais de rua, pois milhares de cães são atropelados ou maltratados em todo o mundo.

No Brasil existe muitos casos de cães que são atropelados e não são socorridos e acabam morrendo por não serem atendidos, se tivesse essas ambulâncias milhares desses cachorrinhos seriam salvos. Tomara que o Brasil siga o exemplo do México.

Envie seu comentário