Marinheiro resgatou cachorro abandonado enquanto patrulhava as ruas

Marinheiro resgatou cachorro abandonado enquanto patrulhava as ruas

Um marinheiro ficou muito famoso na internet, isso porque na sua patrulha diária ele resgatou um cachorro que estava abandonado, foi postado um vídeo dele resgatando o cachorrinho e o vídeo se tornou viral no Facebook.

Isso ocorreu nas ruas de Callao no Peru, o marinheiro foi muito parabenizado pelos moradores da cidade e agora por pessoas de todo o mundo, pois o vídeo está circulando em todo o mundo, chegou até mesmo aqui no Brasil.

No vídeo o marinheiro é visto resgatando o cachorro que estava perdido e com fome, tudo indica que o cachorro não tinha um lar, muitos menos uma família, com isso ele foi resgatado.

Marinheiro resgatou cão abandonado enquanto patrulhava as ruas

O cachorro começou a seguir o carros dos marinheiros, ele estava latindo alto para chamar atenção das pessoas, com isso os marinheiros perceberam a presença do cachorro e andaram mais devagar com o carro para que assim pudesse resgatar o cachorro.

Sempre ao seu serviço

Após vários metros de viagem, o caminhão conseguiu parar, tinha 2 cachorros mas 1 acabou fugindo com medo. No entando 1 cachorro entrou no veiculo e assim foi resgatado, como visto no vídeo do Facebook.

Esse resgate do pessoal da Marina do Peru foi um dos destaques do Facebook ultimamente, a maioria das pessoas estão chamando eles de “heróis nacionais” por arriscarem suas vidas durante sua permanência nas ruas, no meio da pandemia do vírus.

Esses resgates estão fazendo muito sucesso, um resgate que postamos fez muito sucesso também de militares que resgataram dois cachorros na rua.

Esses cachorros de rua estão passando muitas dificuldades, isso porque as pessoas estão ficando todas em casa e antes muitas pessoas do comércio ou funcionários desses lugares cuidavam desses cachorros de rua.

Mas agora como tudo está fechado esses bichinhos estão passando dificuldades. Compartilhe nas redes sociais para que mais pessoas conheçam essa linda atitude dos marinheiros.

Créditos : wapa

Envie seu comentário