Curitiba ganha ambulância para resgatar cães e gatos em risco nas ruas

Curitiba ganha ambulância para resgatar cães e gatos em risco nas ruas

Uma ótima noticia para a capital paranaense, agora ela conta com uma ambulância que vai resgatar gatos e cães necessitados das ruas.

A ambulância já ganhou até um nome “Unidade de Resgate Animal”, a ambulância já está operando na região metropolitana.

Agora se você mora em Curitiba já pode contar com esse serviço para poder ajudar animais que estão acidentados, que estão maltratados e desnutridos, para entrar em contato com o serviço é só ligar para a central de atendimento pelo telefone 156 ou pela em internet pelo chat.

Curitiba ganha ambulância para resgatar cães e gatos

Foto: Daniel Castellano/SMCS

A prefeitura informou que todos os cachorros e gatos atendidos serão identificados e castrados.

O atendimento está a cargo do Centro de Referência para Animais em Situação de Risco (Crar), que fica localizado na Cidade Industrial de Curitiba (CIC).

A ambulância ainda regata animais agressivos que estão em vias públicas.

Curitiba vira exemplo para todo os Estados do Brasil

Esse serviço está dando muito certo e a cidade de Curitiba já é um exemplo para todos os estados do Brasil, que sirva de exemplo para os outros estados “copiarem” essa ideia.

Pois existe muitos animais necessitados em outros estados e esse serviço para poder ajudar muito eles.
Na maioria dos estados as ONG tentam ajudar os bichinhos, mas não conseguem dar conta, pois o número de animais que precisam de ajuda é muito grande.

Curitiba ganha ambulância para resgatar cães e gatos

Nós do portal amigocão parabenizamos o estado de Curitiba é um grande exemplo! Ficamos na torcida para que outros estados adotem essa ideia.

Que com certeza quem vai ganhar com isso, são os animais necessitados. A ambulância agiliza muito o processo de resgate e assim poderá salvar muitas vidas dos bichinhos.

E você o que acha disso? Essa ambulância ajudaria bastante no seu estado? Comente abaixo, compartilhe esse artigo com seus amigos nas redes sociais.

Créditos : Portal G1

Envie seu comentário