Conheça a cerveja Mexicana “Apolo” que ajuda cachorros de rua

Conheça a cerveja Mexicana “Apolo” que ajuda cachorros de rua

Uma cerveja que se chama “Apollo” foi criada especialmente por pessoas que são comprometidas com o resgate de animais abandonados.

Você vai encontrar essa cerveja no bar cerveja artesanal “El Trappist”, localizado no bairro de Condesa na cidade do México.

A Apolo and Friends é uma empresa que produz a cerveja “Apolo” que é a primeira cerveja que ajuda cachorros de rua no México.

O intuito das pessoas que criaram essa cerveja é ajudar cachorros de rua e maltratados, pois uma porcentagem dos lucros dessa cerveja será destinada para resgate e reabilitação de animais necessitados através da casa Apolo & Friends.

A cerveja “Apolo” ganhou esse nome de um filhote de cachorro que foi resgatado onde a cerveja é fabricada. A cerveja tem um sabor amargo intenso semelhante ao de uma casca de laranja.

O design do rótulo da garrafa desta bebida foi feito pelo designer Jorge Monterrubio, que se considera um amante de cães e cerveja.

Muito interessante o que essas pessoas fizeram , a cerveja vende bastante com isso é certo que eles vão conseguir ajudar muitos animais.

Até o nome da cerveja é em homenagem a um cachorro que foi resgatado, então essa ideia tem tudo para dar certo, estamos torcendo pelo sucesso dessa cerveja.

Com certeza se chegar no Brasil vamos comprar para poder ajudar esses animais necessitados, a ideia também é ótima para alguma cervejaria fazer o mesmo no Brasil.

Poderiam doar uma parte dos lucros para instituições que cuidam de animais necessitados, como abrigos que atualmente estão precisando de muita ajuda.

Muitas pessoas que ajudam esses abrigos não estão podendo, pois a maioria estão em casa e não sabem o que vai acontecer, se ainda vão ter empregos.

A situação está muito difícil para todos, esperamos que passe logo essa pandemia e que tudo volte ao normal. Fica o nosso parabéns para essas pessoas que criaram a cerveja “Apolo”.

Gostou? Compartilhe com seus amigos nas redes sociais.

Créditos : mientrastantoenmexico

Envie seu comentário