Cervejaria lança campanha e mostra cães para adoção em suas latas de cerveja

Cervejaria lança campanha e mostra cães para adoção em suas latas de cerveja

Uma cervejaria lançou uma campanha que está fazendo muito sucesso, eles estão colocando fotos de cães que estão para adoção nas suas latas de cerveja.

É claro que isso vem repercutindo muito, claro pelo lado positivo , todos estão elogiando muito a empresa pela atitude, a Motorworks Brewing fez uma parceria com a Shelter Manatee para poder lançar essas latas de cerveja com as fotos dos cães.

Os cães que estão estampando as latas são de um abrigo e estão disponíveis para adoção.

A cervejaria comentou em um post no Facebook :

“Estamos empolgados com o lançamento de um exclusivo pacote de adoção”

Atualmente os cães chamados King e Morton, dois dos quatro cães da primeira rodada de latas, foram adotados. Porém ainda tem muitos cães esperando ganhar um lar.

“Há muitos cães precisando de um lar. Queríamos mostra que o abrigo tem cachorros que são lindos, sem importar a raça dele, queremos incentivar as pessoas a visitá-los e adotar eles.”

As latas estão disponíveis para compra em um pacote de 4 latinhas ou em uma caixa no site da Motorworks.

Empresa ajuda a incentivar adoção

Essa bela atitude da empresa vai ajudar muito a incentivar as pessoas a adotarem cães, esperamos que esse projeto seja um grande sucesso, serve de exemplo para as cervejarias do Brasil, que pode “copiar” esse projeto que com certeza faria muito sucesso também.

Cervejaria lança campanha e mostra cães para adoção

Existe milhares de cães em abrigos que estão esperando uma oportunidade para poder ganhar um lar onde vão ganhar muito carinho e amor.

Nós do portal Amigocão gostamos muito desse projeto, com certeza vai ser um sucesso, muitos cachorros vão ser adotados com essa atitude da cervejaria, as latas vão ser as mais lindas do mercado.

E você o que achou desse projeto ? eu já imaginei aqui as latas de skol, brahma, Bohemia entre outras com os cãozinhos para adoção seria uma grande ideia.

Créditos : lomunidad

Envie seu comentário