Cão perdido lembra o caminho para a clínica veterinária e late na porta para pedir ajuda

Cão perdido lembra o caminho para a clínica veterinária e late na porta para pedir ajuda

Um cachorro de apenas 4 meses se perdeu e foi ao local perfeito pedir ajuda. O cãozinho lembrou o caminho para uma clínica veterinária onde ele era tratado desde quando nasceu.

O cão foi visto por uma câmera de segurança andando do lado de fora da porta de vidro da clínica, tentando entrar. Um funcionário da clínica estava atendendo clientes, então no primeiro momento acabou ignorando o fato, mas o cãozinho chamado Khiew Ngern latiu e bateu na porta, de acordo com o Bangkok Post.

Cão perdido lembra o caminho para a clínica veterinária

O cãozinho estava desaparecido de sua casa na Tailândia. E pelo destino o cãozinho se lembrou do caminho e encontrou a clínica de Animais Phuttaraksa, no distrito de Muang, em Samut Prakan. O funcionário ficou curioso com aquele cãozinho na porta da clínica com isso ele resolveu ver de perto.

Olhando esse viu que o cãozinho era familiar, quando o veterinário Saengduen Chotepanus terminou de tratar seus outros pacientes animais, seu assistente perguntou se ele podia dar uma olhada no cãozinho que estava na porta.

Com isso o veterinário reconheceu o cãozinho e ficou muito feliz em ver ele. De imediato o veterinário falou para seus assistente encontrar a ficha do Khiew e verificar o número de telefone do seu dono.

O veterinário então ligou para o proprietário do cão, uma mulher chamada Sunee Bunwara, que explicou que seu cãozinho desapareceu no início do dia. Ela estava procurando por ele e ficou muito aliviada ao saber que seu cachorro havia sido encontrado.

O cãozinho Khiew ia para a clínica desde que ele tinha 1 mês de idade para receber regularmente suas vacinas. Seu humano e o veterinário acreditam que o cãozinho se lembrava de como chegar à clínica e sabia que era um lugar onde ele poderia procurar ajuda. Que cachorro inteligente!

A atitude do cãozinho surpreendeu a todos, tanto o seu dono , como do veterinário e das pessoas que conheceram o seu caso nas redes sociais.

Créditos : kachorros

Envie seu comentário