Uma campanha para ajudar o tratamento de um cachorro mobiliza internet

Uma campanha para ajudar o tratamento de um cachorro mobiliza internet

Uma campanha para ajudar um doguinho idoso está mobilizando a internet. Um cão chamado Apolo de 11 anos, no mês de janeiro, ele foi diagnosticado com três tumores: um no pulmão, outro no baço e um terceiro na mama.

Por causa da sua idade, o cachorrinho não pode ser operado. A quimioterapia também não é uma opção. Com isso o doguinho tem um tratamento através de remédios, para que não possa se sentir com dores e desconfortos.

A sua tutora a estudante Mariana Queiroz que tem 28 anos, e sua mãe, a funcionária pública Luciana Queiroz de 52 anos, tem um gasto mensal em torno de R$ 500 e R$ 530 para pagar o tratamento do Apolo.

Para ajudar a pagar esse tratamento, elas resolveram vender brigadeiros. “A ideia era vender 100 brigadeiros, para ajudar a pagar um dos remédios, que custa R$ 176. Tiramos a foto e divulgamos apenas para os nossos amigos. Aí tive a ideia de criar um Instagram. Não imaginava que teria essa repercussão, foi uma surpresa. A gente só tinha vontade de chorar quando viu a quantidade de gente querendo ajudar”, conta Mariana.

A página criada com o nome “Todos Com Apolo” (@todoscomapolo) tem mais de 6,5 mil seguidores. A postagem com a história do cachorrinho já tem mais de 21,9 mil curtidas e 1,2 mil comentários.

Além dos brigadeiros que são vendidos por R$ 1 real na Praia de Boa Viagem, existe outra maneira de ajudar o cãozinho que é através de uma vaquinha online (https://abacashi.com/p/todos-com-apolo). A vaquinha está ajudando muito, a tutora tinha um objetivo de arrecadar R$ 2 mil reais e até agora já conseguiu R$ 11.

Esperamos alcançar mais pessoas para poderem ajudar o doguinho, pois esses remédios são muitos caros e ela vai precisar de mais ajuda.

Os pontos de venda dos brigadeiros serão divulgados sempre através da rede social do Instagram. Geralmente os brigadeiros são vendidos na Avenida Boa Viagem, na altura do Edifício Portugal. Sexta, sábado e domingo, é possível ajudar Apolo durante um evento no Clube do Líbano, a partir das 18h.

“Apolo representa um filho para mim. Eu não quero nem imaginar perder ele. O que estamos fazendo não é sacrifício nenhum. É o nosso desejo de que ele permaneça mais tempo conosco”, afirma Luciana.

Ver essa foto no Instagram

Oi pessoAU, tudo bem? Eu sou novo por aqui e, como um bom idoso que sou, não sei usar muito bem redes sociais, mas minha mãe e minha vó estão me ajudando muito. Vou contar minha história bem resumida, tá? Até porque odeio isso que vocês chama hoje de “textão”. No começo do ano, fui diagnosticado com três tumores distintos e, devido a minha idade, não posso fazer cirurgia e a quimio não é um tratamento adequado para mim. Então, o que fazer? Me cuidar! Tomo 5 remédios todos os dias, faço meus exames de sangue duas vezes por mês e tenho uma veterinária que é quase um anjo, Tia Tereza. Ela me ajuda muito! Mas, eu sei que tudo isso é gasto não é? Então resolvi arregaçar as mangas e por as patas na massa! Estou fazendo brigadeiros para vender e ajudar a comprar todos os remédios que me deixam assim, bem felizão! Vou estar, a princípio, na frente do Edf. Portugal, as 19:00hr. Vamos lá comer o brigadeiro que fiz com todo amor do mundo, e mesmo que você não possa comer chocolate assim como eu, vá lá me ver e fazer um carinho, sou um velhinho carente. ❤️ Obrigado a todos e até já! #vamosjuntos #juntoscomApolo

Uma publicação compartilhada por Apolo 🐶 (@todoscomapolo) em

Créditos : Blogs

Envie seu comentário